Alfarrábio

ALFARRÁBIO é um espaço transversal a todos os sites da RIZOMA LAB, dedicado à publicação de textos técnicos e científicos. Suportado na investigação científica, reúne ensaios de autor, textos científicos e divulgativos. É uma secção onde se partilha saber e se juntam ideias, que embora publicadas noutros locais, são aqui reunidas num mesmo ambiente digital.


Inovação das Tradições Alimentares

Neste documento relata-se a forma como se inovaram algumas tradições alimentares, experimentando a diversificação das suas formas de preparação culinária. Para tal, partiu-se dos conhecimentos, dos recursos e das estruturas existentes, para valorizar os três produtos experimentados. Ensina-se a fazer “pisos, pestos e pastas”…

Ler mais

Plantas Viajantes – O Legado do Novo Mundo

“Quer as plantas que foram de Portugal para as regiões tropicais quer aquelas que seguiram percurso inverso, tiveram de encarar situações ecológicas diversas, pelo que nem todas se adaptaram; mas algumas das que o conseguiram produziram autênticas revoluções na agricultura e na economia das regiões onde foram introduzidas.”

Ler mais

A sopa em Portugal e as sopas de plantas silvestres alimentares

Parece não existirem dúvidas sobre a grande actualidade da reflexão em torno dos modos alimentares que incitem à frugalidade e à inovação das tradições. Neste sentido, a sopa enquanto prato emblemático que tem acompanhado a evolução das práticas alimentares dos portugueses e enquanto fonte de conhecimentos nutricionais empíricos, tem sido objecto de interesse crescente dos estudiosos nesta matéria…

Ler mais

“O Sal da Vida” (1.º episódio) – a Salicultura pré-romana

Além das suas particularidades vitais, condimentares e conservantes, o sal é indispensável em actividades como a produção de queijo e o curtimento de peles, sendo também utilizado como supletivo na engorda do gado, como complemento na farmacopeia e tratamento na medicina tradicional. Acrescente-se, ainda, o seu “poder espiritual e ritual”, documentado em diversas culturas e religiões como elemento purgatório.

Ler mais

Frutos e folhas nos licores e aguardentes de medronho no Algarve

O medronheiro (Arbutus unedo L.) é um arbusto ou pequena árvore que poderá atingir os cinco metros de altura, de folhas persistentes, que floresce a partir de Outubro, com flor rosada e cujo fruto é o medronho, uma baga de cor verde e amarelada que ao amadurecendo escurece para vermelho escuro – “o medronheiro é uma árvore agreste, que se dá nas zonas mais agrestes, que é onde ela se dá melhor. Temos tentado fazer plantações, mas não são iguais. Ela nasceu para ser uma árvore mesmo selvagem”.

Ler mais