Mátria, o corpo antes da história nos Monumentos Megalíticos de Alcalar

matria

 

MÁTRIA | o corpo antes da história
Performance de Vera Eva Ham
Fotografia de Luis Conde

Monumentos Megalíticos de Alcalar
8 de outubro, sábado, às 15h

Andamos nesta Terra há pelo menos 1 500 000.
Nós, humanos, nascemos Nela, e sempre a Ela regressamos.
Quero conhecer esta Terra onde me deito, esta Terra onde me movo e acordo.
Antes da História, das histórias, quando só havia Ela e os seus lugares prediletos, os lugares onde Ela se encontrava connosco em amplo espasmo e derramar.
Mátria. Quero desmembrar-me como a Ti desmembrámos, e voltar a amassar-me nos lugares onde ainda nos esperas, Inerente e Primordial. Antes da História estavas Tu – nos meus pés, na minha face, nos meus orifícios, na gravidade que me acolhia. Nas minhas mãos, nas minhas vértebras e na vertical humanidade de mim. Tu estavas nos meus cabelos – Tu eras os meus cabelos, abertos e espraiados como grãos de Ti, matriz de tudo o que poderá ainda existir.

No próximo dia 8 de outubro (sábado), MÁTRIA| o corpo antes da história, de Vera Eva Ham e Carlos Alberto Cavaco, será apresentado nos Monumentos Megalíticos de Alcalar, às 15h, integrado no DiVaM 2016, o Programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos da Direcção Regional de Cultura do Algarve, com o apoio local à produção de Rizoma Lab, Associação Cultural.

MÁTRIA é um projeto de dança, performance e vídeo que incide sobre o corpo e a história – especificamente a pré-história.
Tem como objectivo final a criação de um vídeo de dança de cerca de 20 minutos com imagens recolhidas em vários locais com interesse pré-histórico, em Portugal. O processo criativo da performance de dança será feito em espiral e sobre as forças arcaicas do corpo humano: os pés, a coluna vertebral, as mãos, a gravidade, a face, a verticalidade, os cabelos, os sentidos, a voz. O corpo antes da História, é uma viagem sensível à matriz da cultura humana – mas muito especialmente, da cultura humana em Portugal.
Com a intenção de partilhar com o público o processo criativo, realizaremos performances-marcos onde serão realizadas as filmagens. Assim sendo, Mátria é um projeto que inclui três fases:
1. performances ao vivo durante o processo criativo
2. recolha de imagens de dança/corpo em locais e paisagens de interesse pré-histórico em Portugal
3. exibição do vídeo final com imagens recolhidas em todos os monumentos de interesse.

Concepção, coreografia e performance site specific | Vera Eva Ham
Música e vídeo | Carlos Alberto Cavaco
Apoio Científico | Ricardo Soares
Apoio à produção local | Rizoma Lab

Para mais informações contacte:
Carmo Serpa – 96 473 55 36 – info@rizomalab.pt

Uma iniciativa de

rizomalogo

Em parceria com

mc_drcalg_logo_horizontal_3000

No âmbito de

divam

Com o apoio de

download  –    logo-lac-08-295x300

Comments are closed