Cozinhando na Paisagem no Abrigo Paleolítico de Vale de Boi

IMG_6481

uma acção performativa de Jorge Rocha com a participação de Nuno Bicho e Ana Carla Cabrita
16 de Agosto de 2015

Data: 16 de Agosto às 18h30
Local: Adro da Igreja de São Lourenço – Vale de Boi – concelho de Vila do Bispo
Visita orientada: 17h30 – partida da Igreja, orientada pelo arqueólogo Nuno Ferreira Bicho (UALG)
Participantes convidados: Nuno Bicho – arqueólogo e investigador da UAlg e Ana Carla Cabrita – guia de Natureza e investigadora da flora local

O Cozinhando na Paisagem continua o seu conjunto de acções performativas de Jorge Rocha para 2015, que se desenrolam até próximo Outubro. É já no dia 16 de Agosto que a próxima acção terá lugar numa das mais significativas jazidas paleolíticas no Sul peninsular e que se situa precisamente no concelho de Vila do Bispo – O ABRIGO PALEOLÍTICO DE VALE DE BOI.

A acção terá lugar às 18h30 com um menu inspirado na época referente ao local e como convidados participantes Nuno Bicho – arqueólogo e investigador da Universidade do Algarve e Ana Carla Cabrita, guia de Natureza, investigadora da flora local e vencedora do prémio Awards Natural.PT.

De forma a proporcionar a melhor perspectiva da paisagem onde se destaca a beleza e valor do Abrigo Paleolítico, a acção terá lugar no adro da Igreja de São Lourenço – Vale de Boi. Só na altura se saberá quais as iguarias a serem confeccionadas pelo artista Jorge Rocha, mas desde já podemos informar que muito terá a ver com as investigações feitas no local sobre os hábitos alimentares dos povoados que passavam temporadas nesta zona. Antes da acção, terá lugar uma visita orientada ao Abrigo, por Nuno Bicho, com ponto de partida da Igreja de São Lourenço – Vale de Boi pelas 17h30m.

Nuno Ferreira Bicho será o arqueólogo investigador que acompanha e comenta a acção gastronómica, não fosse ele o responsável pela coordenação das equipas que têm realizado as campanhas arqueológicas neste local. Além de investigador dos mais remotos grupos humanos da Pré-história é professor na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade do Algarve. Realizou Doutoramento em 1992 em Antropologia, especialidade de Arqueologia na Southern Methodist University, Dallas, Texas, EUA. Têm coordenado vários projectos de investigação arqueológica nos EUA e no Equador e em Portugal coordenou investigações internacionais na Estremadura e no Algarve. Iniciou recentemente um projecto no Sul de Moçambique em colaboração com a University of Louisville, EUA, e com a Universidade Eduardo Mondlane, de Maputo, sobre o aparecimento do Homo sapiens sapiens na África Austral.

Ana Carla Cabrita será também uma convidada participante devido ao conhecimento profundo da zona o que toca à flora, tendo editado recentemente em co-autoria com Ana Luísa Simões o livro “200 Plantas do SW Alentejano & Costa Vicentina”, em bilingue, português e inglês. Este livro é o resultado de dois anos de investigação e é constituído por fichas de identificação, fotografias, nome cientifico, família botânica, características e estudo do ciclo vegetativo, habitat, etc.
Actualmente, Ana Carla Cabrita desenvolve o seu trabalho como guia da Natureza na Costa Vicentina através da sua empresa Walkin’Sagres de passeios pedestres guiados. Recentemente recebeu o 1º Prémio para a sua empresa do 1º Concurso Natural.PT, pelo reconhecimento do projeto pelas suas boas práticas.

Porquê no Abrigo Paleolítico de Vale de Boi?
Trata-se da mais extensa e uma das mais significativas jazidas paleolíticas conhecidas em todo o sul peninsular e que se situa precisamente no concelho de Vila do Bispo, num abrigo rochoso em Vale de Boi, Budens. Identificado em 1998, foi, desde então, objecto de regulares campanhas arqueológicas realizadas por equipas de arqueologia da Universidade do Algarve, coordenadas pelo Professor Nuno Ferreira Bicho. Numa uma área de dispersão superior a 10.000 m2, a investigação na jazida arqueológica de Vale de Boi foi assim desvendando uma importantíssima sequência crono-estratigráfica, com registos que remetem para uma praticamente contínua presença humana, entre o Paleolítico Superior e o Neolítico Antigo – entre os 33.000 e os 6.000 anos antes do presente.

Cozinhando na Paisagem integra-se no projecto PALATO e é uma ação performativa sobre sítios históricos e arqueológicos, um espetáculo gastronómico que decorre nos locais com uma paisagem em plano de fundo, abordando temáticas que colocam a Gastronomia de cada época em cruzamento com os hábitos alimentares da sociedade contemporânea.
Em cada sítio histórico é montada uma infraestrutura improvisada onde o artista, em conjunto com os investigadores de cada monumento, desenvolve uma ação performativa num formato talk show, cozinhando ao vivo e transmitindo em direto na Internet, assumindo os públicos físicos e virtuais como participantes no processo de criação artística.
Partindo de um menu inspirado nas entrelinhas da História e da Arqueologia, são consideradas as características únicas de cada local e valorizados os fatores paisagísticos, patrimoniais e sociais. Cada sessão é antecedida por uma visita comentada ao local, desenvolvida em colaboração com as entidades responsáveis por cada sítio histórico.
Todas as sessões são transmitidas em direto, em www.palato.org/transmissao, resultando num conjunto de paisagens virtuais armazenadas no Canal PALATO do site www.palato.org, sendo estas o foco da investigação artística em curso.

Próximas acções confirmadas:
Castelo de Salir (Concelho de Loulé) – 22 de Agosto
Monte Molião (Concelho de Lagos) – 26 de Agosto
Mosteiro de Santa Maria de Flor de Rosa (Concelho do Crato – Alentejo) – 29 de Agosto
Mercado de Olhão (Concelho de Olhão) – 6 de Setembro
Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe (Concelho de Vila do Bispo) – 18 de Outubro

Downloads de Imprensa:
bitmap

Equipa PALATO:
Coordenação artística: Jorge Rocha
Coordenação científica: Elena Morán
Produção: Carmo Serpa
Comunicação: Luisa Rosa Baptista
Fotografia: Ricardo Soares

Uma iniciativa

rizomalogo
Parceiro estratégico:  

logo_viladobispo

Parceiros científicos:

Parceiro media:

logo_sul_informacao

Outros apoios:

Informações:

Localização (ver mapa)
Com transmissão em direto no site www.palato.org/transmissao
Mais informações em www.palato.org ou pelo e-mail palato@rizomalab.pt

Contactos telefónicos: Carmo Serpa – 964735536 (Produção)
Luísa Baptista – 966803707 (Comunicação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.